CIMAL

CIMAL assina protocolo para aumentar reciclagem de lixos orgânicos e evitar colocação em aterros

Notícias

11 de novembro 2022

Um protocolo para apoiar o desenvolvimento da recolha seletiva de lixo orgânico, no valor de 616.558 euros, foi assinado entre a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) e a estrutura governamental Fórum Ambiental.

O objetivo do acordo é conseguir recuperar e evitar a colocação em aterros sanitários dos resíduos resultantes de alimentos usados na preparação de refeições, bem como os restos de comida, que, no total, constituem 37 por cento do lixo doméstico que produzimos.

O protocolo desenvolve-se no âmbito do Programa RecolhaBio - Apoio à implementação de projetos de recolha seletiva de bioresíduos, que se estende por todo o país e tem como executantes as Comunidades Intermunicipais.

No caso da CIMAL, alarga-se a todos os cinco concelhos que a integram: Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines.

A assinatura concretizou-se no início de novembro deste ano e o acordo vigora até 30 de novembro de 2023.

Os objetivos deste protocolo fazem parte das regras implementadas pela União Europeia, segundo as quais os estados-membros devem procurar garantir que, a partir de 2030, os aterros não aceitem resíduos que possam ser reciclados ou valorizados de outra forma.

Para que tal se realize, é necessária a separação dos lixos em casa e a deposição nos respetivos equipamentos de recolha, processos que este protocolo pretende incrementar e ajudar a concretizar através do financiamento de projetos com essas finalidades.

Multimédia

Transportes Público Rodoviário mais Barato
Covid-19: MobilidadeCentro Intermunicipal de Apoio ao Consumidor

Contactos

  • Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral
  • (+351) 269 450 110
  • Edifício GAT, Largo Manuel Sobral, 7570-132 Grândola